Previsões 2019 e Apoio A Coame Contra Líderes Abusadores

Alerta de gatilho | Abuso sexual

 

ativista-joão-de-deus-sabrina-bittencourt

Conversamos com Sabrina Bittencourt, a mulher por trás das investigações contra João de Deus e de mais 13 líderes espirituais

Julgamento contra os lobos em pele de cordeiro

O final de 2018 nos chocou com diversos casos de escândalos sexuais de líderes da área da espiritualidade. O trânsito de Saturno em Sagitário indicou o início do julgamento das classes religiosas, enquanto a conjunção Sol e Saturno em Sagitário, indicou o julgamento de uma grande figura notável em nossos últimos dias; Júpiter, regente de Sagitário, em Escorpião, marcou o início do julgamento contra o meio esotérico e das religiões focadas em fenômenos.

Saturno manterá seu julgamento nessa área e então se focará mais tarde, quando Júpiter estiver em Sagitário, nas grandes religiões transnacionais organizadas. Primeiro nas relações de poder e formas de abuso, depois também em escândalos financeiros. Saturno dá apenas os resultados de suas ações, sejam elas boas ou más, elas serão entregues; porém, isto é apenas o começo de um longo período em que os nodos sairão de sua atual posição para marcar um novo destino. Ketu em Sagitário eclipsará e trará apatia da sociedade contra as classes religiosas, aumento de polarização e um momento geral de descrença em líderes e um sumo aumento em denúncias e comunicação pelo trânsito de Rahu em Gêmeos, a depender da posição de Mercúrio.

Entre rumores de guerra, atentados contra estrangeiros, motivados por religião e em ambientes educacionais, haverá cura de doenças, medo de ameças de invasões estrangeiras, a descrença em nossas elites sacerdotais. Neste meio novos nomes irão surgir, por isso, manifestamos aqui apoio a todas as pessoas que nos ajudarão a evoluir como um todo criando iniciativas para tornar o meio espiritual seguro para todo mundo, especialmente mulheres e crianças.

A espiritualidade é uma área vital da nossa sociedade, e é um dos meios pelo qual nossa evolução acontece como humanidade; é uma área de fonte de sabedoria, conforto, direcionamento, paz, conhecimento, verdade e contemplação em relação Aquilo que é maior que todos nós. Porém, como em todos os meios sociais, líderes cruéis abusam de suas elevadas posições, da fragilidade das vítimas e títulos de “mestres” para satisfazer os seus prazeres mais mesquinhos.

Por isso, no dia 31 de dezembro de 2018, conversamos com a Sabrina Bittencourt, fundadora da organização não-governamental “COAME – Combate ao Abuso no Meio Espiritual“, nome por trás da organização de 103 relatos desde agosto de 2018 contra um total de 13 líderes espirituais abusadores no Brasil. Devido ao seu trabalho e constantes ameaças de morte, nossa guerreira mora fora do país e viaja constantemente para vários lugares do mundo.

Sabrina Bittencourt e a iniciativa Coame

Nascida em uma família mórmon, foi abusada por líderes religiosos que não chegaram a julgamento; agora, ela dedica sua vida a ser uma parte essencial desse julgamento histórico. Sabrina é reconhecida pela Unesco como Doutora Honoris Causa em Barcelona pelos seus 20 anos de projetos na área de empreendedorismo social e é um dos nomes por trás do contato das vítimas de João de Deus com a imprensa.

A Coame, que tem como uma das suas criadoras a Sabrina, garante um espaço seguro de fala e faz o acolhimento às vítimas de abuso sexual, e ajuda as autoridades competentes a esclarecem os casos, que até então eram meros boatos, e assim, punirem os criminosos.

Todas as vítimas têm o seu anonimato garantido e podem enviar suas denúncias para o e-mail coamebr@pm.me, e-mail criado em servidor ProtonMail, que garante segurança e anonimato com criptografia especial; longe das garras da poderosa influência destes líderes. Pedimos à ativista Sabrina Bittencourt para nos direcionar na criação da lista de recomendações de segurança que serão adotadas na ABAV já à partir do próximo ano, em forma de demonstração de apoio à causa, e que pode servir para todas as pessoas que estão engajadas em diminuir todas as formas de injustiça em seus atendimentos.

Recomendações a todos do meio espiritual

  • Remova todas as formas de abuso (também verbal e simbólica) em suas instituições;
  • Em atendimentos presenciais, atenda sempre com outras presentes;
  • Rechace publicamente qualquer ato de abuso;
  • Denuncie às autoridades competentes para que façam o seu trabalho;

“Que toda comunidade espiritual ou religiosa possa agir de acordo com o que prega, este é o meu desejo para 2019 e todo o sempre, amém!”, completou Sabrina.

Comentários
2019-03-15T18:26:26+00:00

About the Author:

Kerr é o fundador da Academia Brasileira de Astrologia Védica. Ele é astrólogo, tradutor de livros clássicos e modernos da jyotisha, pesquisador da cultura indiana e desenvolve novas tecnologias. Conhecedor das astrologias de Parashara, Jamini, Brighu Nadi e KP.
1
Olá! Caso você queira mais informações sobre consultas e cursos, clique no botão verde abaixo para conversar conosco pelo Whatsapp!
Powered by